Piedras

Piedras

Publicado em 23 de abril de 2015

piedras1

Atlas Imagens

Piedra é termo espanhol que designa infecções da haste do pêlo, caracterizadas pela presença de incrustrações nodulares de cor preta (piedra negra), ou branco-acinzentada (piedra branca), causadas, respectivamente, pelo ascomiceto Piedraia hortai e pela leveduraTrichosporon beigelii. A disseminação da micose faz-se através da liberação de artroconídios, que resultam de reprodução assexuada.

piedra negra tem distribuição geográfica limitada à América do Sul e ao Sudeste Asiático, sendo sua localização principal os pêlos do couro cabeludo. Os nódulos mostram consistência endurecida, não ocorrendo fratura do pêlo parasitado. Ao exame direto,  apresentam-se constituídos de  hifas pigmentadas compactas, artroconídios e esporos sexuados (ascósporos) contidos em ascos. Pode ser realizada cultura. O fungo infecta ainda primatas nas áreas endêmicas.

piedra branca mostra distribuição geográfica mais ampla, incluindo regiões subtropicais e temperadas. Seu agente etiológico é amplamente encontrado na natureza, de onde tem sido isolado de diversos substratos. Pode ser parte integrante da microbiota cutânea humana, com maior freqüência na região anogenital, além da boca, garganta e reto. Pode infectar macacos, cavalos e mamíferos inferiores. Produz nódulos amolecidos, frouxamente aderidos, com fratura habitual dos pêlos afetados. São localizações preferenciais a barba, bigode, axilas e região genital.

O diagnóstico se confirma pela presença de delicados blastoconídios e artroconídios em torno às hastes pilosas. Em meio de Sabouraud, desenvolvem-se colônias leveduriformes brancas, inicialmente lisas, depois cerebriformes. Microscopicamente mostram pseudomicélio, micélio verdadeiro, artroconídios e blastoconídios.

Na piedra branca genital, admite-se haver infecção sinérgica com bactérias corineformes.

Pesquisar