Lúpus Eritematoso Profundo ou Paniculite Lúpica

Lúpus Eritematoso Profundo ou Paniculite Lúpica

Publicado em 11 de maio de 2015

Esta variante clínica refere-se à presença de lesões nodulares subcutâneas que podem acompanhar tanto a forma puramente cutânea como a forma sistêmica do lúpus, estando, entretanto, na maioria das vezes, relacionado ao LECD. Corresponde a uma paniculite com vasculite linfocítica. Clinicamente, caracteriza-se por nódulos firmes, bem definidos, recobertos geralmente por pele normal, embora possa ser vista área eritêmato-escamosa na sua superfície.

Acometem preferencialmente a região deltoideana, mas podem estar presentes na face, braços, mãos, tórax e região glútea. Ao regredirem deixam cicatrizes deprimidas, algumas vezes, desfigurantes. Corticóide tópico, sob oclusão ou intralesional pode ser empregado. Há relatos de resposta favorável ao uso de antimaláricos e talidomida. 

Pesquisar