Líquen Nítido

Líquen Nítido

Publicado em 11 de maio de 2015

Atlas de Imagens

É uma erupção crônica, rara, não-pruriginosa, de pequenas pápulas arredondadas, brilhantes, cor da pele ou róseas que ocorrem agrupadas e normalmente não coalescem, podendo ter uma depressão central. Localizam-se no pênis, dorso das mãos, abdome e face anterior dos antebraços.

Membranas mucosas e unhas podem estar envolvidas. O líquen plano pode clinicamente simular o liíquen nítido e pode, ocasionalmente, coexistirem. O fenômeno de Koebner pode estar presente. As variantes clínicas do líquen nítido incluem as formas generalizada, linear, actínica, perfurante, queratodérmica, vesicular e hemorrágica-purpúrica.

Sua incidência é desconhecida, mas um estudo em negros mostrou 0,034%. As formas generalizadas ocorrem predominantemente em mulheres.

A histologia mostra liquefação da membrana basal com ninhos de linfócitos e histiócitos e algumas células epitelióides tipo Langhans, podendo apresentar um aspecto granulomatoso. Não há depósitos de imunoglobulinas na junção dermo-epidérmica.

A doença é auto-limitada e assintomática podendo-se ocasionalmente usar os corticóides tópicos nas lesões do pênis. A doença desaparece em um ou alguns anos.

 

Pesquisar